Curso de Expressão Verbal

A importância da retórica no dia-a-dia - Folha do Livro - jan/01

 

A importância da retórica no dia-a-dia

Muitas pessoas empregam o termo retórica dando-lhe conotação negativa. Um discurso retórico é normalmente visto como uma exposição repetitiva, enfadonha; uma fala muito bonita na forma, mas sem conteúdo. Na verdade, retórica é a teoria da argumentação, a arte de bem falar, que precisa ser belo para ser atraente, pois a retórica em um discurso é utilizada para prender a atenção e persuadir o ouvinte.

A retórica envolve uma situação de persuasão, na qual uma pessoa procura convencer uma ou mais pessoas de alguma coisa. Então, uma ordem, uma descrição de um acontecimento, a reportagem de um fato não podem ser consideradas retórica, mas discursos conotativos ou denotativos. A presença dela só é possível num ambiente democrático, onde haja espaço para a argumentação e para o debate.

E qual é a importância da retórica em nossa vida cotidiana? Segundo Reinaldo Polito, diretor e professor do Curso de Expressão Verbal, 'A retórica faz parte da comunicação. Em qualquer atividade o profissional tem que participar de reuniões, entrevistas, onde precisa convencer pessoas. Até mesmo nos relacionamentos com os amigos, com a esposa, a família, a comunicação é importante. E a retórica envolve a ordenação didática da fala, tornando o discurso claro e atraente.

Reinaldo treina empresários, executivos, políticos e profissionais liberais e já escreveu nove obras sobre expressão verbal e técnicas de apresentação. Seu livro 'Como falar corretamente e sem inibições' já chegou à 93ª edição e está há mais de dois anos na lista dos mais vendidos do país. Em 1975, Polito foi aluno do professor Oswaldo Melantônio, quando foi convidado por este para ministrar aulas em sua escola. Foi quando começou a desenvolver o método que utiliza até hoje em seus cursos.

No Curso de Expressão Verbal, as características e o jeito das pessoas são levados em conta. 'O treinamento é diferente para cada tipo de pessoa pois são comportamentos e conceitos diferentes', explica Reinaldo. 'Não existe um padrão. O comportamento e o estilo da pessoa são fundamentais para o desenvolvimento da oratória'.

Segundo ele, a grande maioria das pessoas que procura o Curso de Expressão Verbal tem medo de falar em público, é tímida. 'A pessoa chega sentindo-se incompetente, incapaz de falar em público. Depois do curso descobre o seu potencial e sente-se encorajada. Então toma diversas atitudes na vida profissional e pessoal que não tomaria antes de fazer o curso', diz.

Um princípio básico para se tornar um grande orador é manter a naturalidade ao falar. Reinaldo afirma que se o interlocutor demonstrar artificialidade vai gerar desconfiança por parte do público. 'Existe um subtexto que compõe a mensagem. A forma de vestir, os gestos, a escolha das palavras a serem utilizadas; tudo isso é percebido pelo inconsciente do receptor. Aquele que consegue usar todo o seu potencial com naturalidade, com emoção, demonstrar conhecimento e ter coerência no que fala e faz, pode ser considerado um grande orador', conclui.

Para Reinaldo Polito, o melhor orador brasileiro da atualidade é o Presidente da República Fernando Henrique; mas segundo ele, 'o maior orador da história foi o filósofo grego Demóstenes, que era gago e conseguiu corrigir seu problema com muita perseverança, fazendo exercícios muitas vezes dolorosos. No Brasil eu destaco Joaquim Nabuco.'

Quem quiser, pode acessar o site do curso (www.reinaldopolito.com.br) e obter outras informações.

Obras do Professor Reinaldo Polito

- Assim é que se fala - como organizar a fala e transmitir idéias (inclui CD)
- Como falar corretamente e sem inibições (inclui CD)
- Gestos e postura para falar melhor
- Técnicas e segredos para falar bem (4 volumes)
- Vença o medo de falar em público
- Recursos audiovisuais nas apresentações de sucesso
- Como se tornar um bom orador e se relacionar bem com a imprensa
- Como preparar boas palestras e apresentações
- Como falar em público (em áudio)
- Como falar de improviso e outras técnicas de apresentação

Dicas para falar melhor:

1.Seja você mesmo;
2.Pronuncie bem as palavras;
3.Fale com boa intensidade;
4.Fale com boa velocidade;
5.Fale com bom ritmo;
6.Tenha um vocabulário adequado;
7.Cuide da gramática;
8.Tenha postura correta;
9.Tenha início, meio e fim;
10.Fale com emoção.