Curso de Expressão Verbal

Aprenda a falar bem em público - Correio Braziliense - ago/99

 

Aprenda a falar bem em público

O professor Reinaldo Polito abre hoje ciclo de conferências promovido pelo CIEE com apoio do Correio Braziliense.

O ser humano tem muitos medos. Medo causado por motivos consideráveis. Serpentes, problemas financeiros, escuro, águas profundas e morte, por exemplo. Difícil, então, acreditar que muitos ainda têm medo de falar em público. Mas é o que acontece. A pessoa gagueja. As mãos suam. O corpo treme. Sim, o medo de falar em público é mais comum do que parece ser. Afinal, não é tão fácil assim conquistar uma platéia.

Uma boa oportunidade de perder esse verdadeiro pavor é participar do encontro, hoje, com o professor Reinaldo Polito, 48 anos, no auditório Hipólito José da Costa, na sede do Correio Braziliense. Formado em Economia e Administração é dono da maior escola de oratória da América Latina, o Curso de Expressão Verbal Reinaldo Polito, o professor dará início ao Ciclo de Conferências de RH (Recursos Humanos) e Questões Educacionais, promovido pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), com o apoio do Correio. O tema da primeira conferência e Falar em público: uma habilidade obrigatória para o crescimento profissional.

Outras nove palestras fazem parte do ciclo (duas a cada mês, até o fim do ano) que acontece no auditório do Correio e da Fecomércio (Federação do Comércio). Entre as próximas atrações, Paulo Gaudêncio (palestra sobre o profissional do terceiro milênio), Simon Franco (perfis profissionais), Luiz Marins (motivação) e, possivelmente, Marco Aurélio Viana (tema a definir). Com o ciclo, o CIEE pretende trazer novas idéias e conceitos ligados à área de RH para os profissionais locais. 'Vou passar práticas de comunicação', adianta Polito. O objetivo é mostrar que técnicas utilizadas para falar em público servem para o dia a dia. 'Mas essas técnicas só têm valor se cada um mantiver sua naturalidade', ensina o especialista em treinamento de profissionais liberais, executivos, empresários e até políticos.

Polito já formou mais de 30 mil pessoas em 22 anos de experiência - só em 1998 foram 1.600 pessoas. O ex-estagiário do CIEE sabe mesmo como agir. Já recitou poesia, participou do movimento estudantil, foi orador e fez teatro amador. Escreveu nove livros sobre o tema. Entre eles Assim é que se fala - como organizar a fala e transmitir idéias, que vai ser distribuído gratuitamente aos participantes. No livro, Polito ensina as manhas da oratória em público.
Gerente nacional do CIEE, Ruy Fernando Leal explica que o objetivo do ciclo de conferência é contribuir para a formação profissional dos brasilienses. 'Queremos dar ás pessoas condições para encarar a globalização', diz 'O mercado de trabalho passa por transformações rápidas e está cada vez mais exigente.' Segundo o gerente regional do CIEE, Moises do Espírito Santo Jr., Brasília nunca sediou um projeto similar, tão constante, planejado e a longo prazo. 'É uma excelente oportunidade para os jovens se atualizarem.'