Curso de Expressão Verbal

Mais Você - Ana Maria Braga

 

Texto publicado no site do programa:

Problemas para falar em público

Muita gente tem problemas para falar em público e tem gente que precisa fazer isso todo dia. Seja numa reunião na empresa, numa palestra ou numa simples visita a um cliente, é importante expressar-se bem. Em alguns casos, o discurso começa com uma certa lógica, mas depois de alguns minutos, o sujeito fica totalmente perdido. É aquela famosa história: 'ih, deu branco'. Às vezes a pessoa é boa de papo em casa, mas tenta inventar na hora de falar com seus colegas, numa reunião, ou numa palestra e aí acaba se complicando. Acompanhe algumas dicas abaixo que podem ajudar a melhorar o seu discurso:

- Não seja diferente do que você é. Seja o mais natural e espontâneo possível.
- Identifique qual o tamanho do grupo para o qual está falando, escolhendo assim, o melhor volume de voz, sempre procurando falar um pouco mais alto para demonstra emoção e envolvimento com o assunto que você está desenvolvendo.
- Pronuncie as palavras com clareza.
- Use um vocabulário fácil, coloquial. Não invente palavras e evite ao máximo palavras de baixo calão e gírias.
- Se estiver discursando com um grupo de pessoas que atuam na mesma atividade que a sua, pode usar linguagem técnica. Caso contrário, use um vocabulário mais claro para todos, como se estivesse traduzindo os termos técnicos.
- É importante não gesticular demais e nem ficar com as mãos completamente paradas. A expressão corporal é fundamental e os gestos precisam corresponder a inflexão da voz e ao sentido da mensagem que está sendo transmitida.
- É possível falar rápido, mas é importante pronunciar as palavras com bastante clareza e quando concluir o raciocínio faça uma pausa para que as pessoas que estão ouvindo possam refletir.
- Se tiver problemas com dicção, leia textos em voz alta com algum obstáculo na boca, como o dedo por exemplo. Faça isso de dois a três minutos por dia. Se o problema for muito sério, é melhor procurar um fonoaudiólogo. Outra dica importante é não relaxar para falar em casa. Fale corretamente.
- Para prender a atenção existem várias opções. Uma delas é informar-se antes sobre algum assunto que seja do interesse do grupo para o qual você vai falar e começar a reunião com isso. Contar historinhas CURTAS também vale. Piada de vez em quando é uma boa saída, desde que você seja muito bom nisso.
- Quando terminar de transmitir as informações, não fique resgatando argumentos já passados. Simplesmente agradeça e termine.
- Treine sua presença de espírito. A habilidade de pegar uma informação no momento em que ela é passada e tornar o fato bem humorado torna o ambiente mais leve e amistoso. Bom humor é fundamental.

Reinaldo Polito
Professor de Expressão Verbal
Fone: (11) 2068-7595