Curso de Expressão Verbal

Mercado valoriza profissional que sabe se comunicar - Jornal da Tarde - jun/02

 

Mercado valoriza profissional que sabe se expressar

Especialista afirmam que a comunicação pode ser item decisivo no processo de seleção. Existem cursos específicos para quem tem dificuldade em expor suas idéias. Mas, além disso, o habito de ler pode ajudar muito o trabalhador

Ter dificuldade de se comunicar e transmitir exatamente o que pensa não é tarefa fácil para muitos profissionais, mas é preciso saber que esse item pode ser decisivo na hora de disputar uma vaga no mercado ou, até mesmo, de manter-se empregado. Para evitar esse tipo de problema, o trabalhador precisa se preparar, diz Maria Angélica Barros, psicóloga da Prisma Recursos Humanos. 'Percebo que , ao entrar numa competição, o trabalhador acaba se dispersando e não informando tudo o que sabe pelo simples fato de ter medo de não ser tão talentoso quanto o concorrente.' Segundo ela, estar concentrado e focado no objetivo pode ajudar o candidato.

Todos sabem que, no processo de seleção, a entrevista é decisiva para a contratação ou não do profissional, diz a diretora da Fan Assessoria Profissional, Meiri Luzzi. 'É nessa etapa que será preciso convencer o interlocutor de que ele está diante da pessoa certa.'
Embora não exista uma receita pronta para esse momento, Meiri acredita que o simples fato de ser sincero o objetivo pode resultar num bom desempenho.

É possível identificar cedo a dificuldade

Reinaldo Polito, conceituado professor de expressão verbal, lembra que é possível perceber se tem ou não aptidão para se comunicar ainda quando está na escola. 'As exposições de trabalho em sala de aula são um grande exercício para se auto-analisar. Quando um aluno não consegue se apresentar com tranqüilidade e clareza perde pontos. É preciso saber que é exatamente isso que acontece quando chega a hora de ingressar no mercado de trabalho.'
Se houver candidatos com a mesmas especializações, brigando pela mesma vaga, sairá vitorioso aquele que melhor se expressar, completa Polito. O especialista diz que já houve um avanço, porque tem observado que os jovens estão percebendo essa exigência do mercado. 'Hoje, nas minhas aulas, a maioria dos alunos tem entre 22 e 26 anos.'

É preciso saber falar mesmo depois de estar empregado

Polito lembra, porém que o profissional jamais pode acomodar-se. 'A forma de comunicação deve ser aprimorada diariamente.' Ele acredita que, para manter-se atuante, é preciso saber expressar-se também no dia-a-dia. 'Quem não desenvolver e aprimorar a capacidade de comunicação, cedo ou tarde passara por dificuldades. Isso porque, mesmo dentro da empresa, é preciso estar em contato com pessoas de outros departamentos e, se não souber de expressar, poderá criar certa hostilidade com demais funcionários ficar com imagem ruim dentro do local de trabalho.'
Existem no mercado cursos específicos para quem deseja vencer a timidez e a dificuldade de expressão. Os cursos com Reinaldo Polito começam em agosto. Os interessados podem ligar para (0 _ _ 11) 6168-7595.
Caso não tenha condições para participar de um dos cursos, a sugestão de Meiri, da Fan, é criar o hábito de ler. 'A leitura é uma solução interessante, pois vai enriquecer o vocabulário e o co-nhecimento do profissional.'

Como falar melhor

  • Seja você mesmo. Nenhuma técnica é mais importante que a sua naturalidade
  • Pronuncie bem as palavras sem exagero
  • Fale com boa intensidade, sempre de acordo com o ambiente
  • Fale com boa velocidade
  • Fale com bom ritmo, alternando a altura e a velocidade da fala para manter aceso o interes-se do ouvinte, principalmente se a conversa for longa
  • Tenha um vocabulário adequado
  • Cuide da gramática, pois um erro poderá comprometer o sucesso da sua apresentação
  • Tenha postura física correta
  • Fale com emoção demonstre interesse e envolvimento pelo assunto
  • Cuidado com estrangeirismos. Se for usá-lo, preste atenção na pronuncia
  • Se você tem voz excessivamente grave ou aguda, há exercícios que podem ajudá-lo