Curso de Expressão Verbal

Para falar em público com segurança e brilhar - Revista Nova - jul/99

Para falar em público com segurança e brilhar

Nilda Rodrigues

Você treme na base, não importa se precisa apresentar uma idéia para meia dúzia de colegas ou para um auditório lotado. Mais mulheres do que imagina sofrem do mesmo tipo de pânico. Tudo bem - se saber comunicar-se não fosse essencial para crescer na profissão. É o que a torna visível. NOVA entrevistou o expert em expressão verbal Reinaldo Polito, autor de Como falar corretamente e sem inibições (Editora Saraiva) e de vários outros livros sobre o assunto.
Aqui, seus principais truques:

  • Lote sua mente de realizações positivas. Assim, se sentirá mais autoconfiante. Em geral, as pessoas costumam se lembrar de quanto são incapazes e já erraram na vida e se esquecem dos acontecimentos bons.
  • Treine sua dicção. Com o dedo indicador, imite um gancho, encaixe por uns dois minutos diários nos dentes inferiores e fique falando...
  • Ajuste a velocidade e o ritmo da sua fala. Para saber se não está atropelando as palavras ou sendo lenta e se a tonalidade que usa é agradável, um truque é gravar sua voz numa fita e ouvir depois ou mostrar a colegas.
  • Controle a tremedeira inicial. Converse com alguém minutos antes: ajuda a relaxar. Também movimente-se; se possível, caminhe para descarregar a adrenalina que a tensão provoca. Quando chegar na frente da platéia, olhe para as pessoas, ajeite o microfone e papéis, respire fundo, para a partir daí começar a falar.
  • Pronuncie bem as palavras. Principalmente não omita os 's' e 'r' finais e os 'i' intermediários. Por exemplo: diga terceiro, e não 'tercero'.
  • Cuide da postura. Enquanto falar, evite colocar as mãos no bolso ou cruzar os braços. Deixe-os naturalmente ao longo do corpo e gesticule com moderação. Distribua ainda o peso do corpo sobre as duas pernas.
  • Transmita entusiasmo. Tudo isso não terá sentido se você não estiver gostando do que discursa. Para isso não decore texto.