< Página Anterior

22 jul 2019

Capriche no encerramento

por Reinaldo Polito

Encerrar a sua apresentação com chave de ouro valoriza muito a sua palestra, mas você vai precisar treinar bastante para chegar lá

Palestrantes experientes, com boa quilometragem de tribuna, me procuram para aperfeiçoar uma pequena e aparentemente insignificante habilidade da comunicação, mas de fundamental importância para o sucesso de quem se apresenta em público – como encerrar uma apresentação.

Se encerrar uma apresentação é difícil para os palestrantes mais tarimbados, dá para imaginar o que ocorre com aqueles que estão dando os primeiros passos na arte de falar em público. A grande maioria tem o hábito de jogar a toalha como se não tivesse mais fôlego para chegar até o final. Costumam encerrar a frase com o tom de voz de quem pretendia passar mais algumas informações, e depois de uma pausa prolongada, uma verdadeira eternidade para eles, soltam a pérola – era isso o que eu tinha para dizer, muito obrigado.

Sempre que um de nossos alunos usa essa forma inconsistente para encerrar sua apresentação, pedimos que volte à tribuna e faça outra conclusão. É um bom exercício para ele e para os colegas de classe, que aprendem pela observação e pelo exemplo de quem está refazendo o final da sua exposição como devem agir no encerramento.

Encerrar bem é importante e seu aprendizado exige persistência

Se você está pensando que se as pessoas forem orientadas apenas algumas vezes será suficiente para que deixem de cometer o erro está enganado. É preciso dezenas de exercícios, até um curso inteiro em certos casos, para que o problema seja resolvido. E como eu disse no princípio, mesmo depois de muita experiência alguns palestrantes ainda sentem dificuldade para encerrar suas apresentações de maneira correta, deixando de explorar de forma conveniente a força da conclusão.

Em minha dissertação de mestrado sobre o tema “A influência da emoção do orador no processo de conquista dos ouvintes”, publicada em livro pela Editora Saraiva, analisei a comunicação de 20 oradores que venceram concursos de oratória ao longo de 10 anos. Verifiquei nessa pesquisa, entre 21 itens da comunicação, quais aqueles que tiveram maior influência no processo de conquista dos ouvintes. A conclusão da fala foi o segundo item mais importante, ficando atrás apenas do conteúdo, que foi o item mais destacado. Esse é um dado precioso para que possamos avaliar a importância da conclusão da fala no sucesso de uma apresentação.

Embora a conclusão seja muito importante, seu objetivo não é o de salvar uma apresentação malfeita, e sim o de valorizar ainda mais a qualidade da exposição.
Nesta última parte da apresentação, além de pedir aos ouvintes que ajam ou reflitam de acordo com a proposta da mensagem, você deverá usar um tom de voz que demonstre sua disposição de encerrar.

Considere que a conclusão da sua fala foi perfeita quando encerrar no momento apropriado, isto é, no instante em que já tiver passado todas as informações que desejava e de ter convencido ou persuadido os ouvintes da sua proposta; tiver usado o tom de voz adequado, demonstrando que estava mesmo concluindo a exposição; e puder permitir, naturalmente, que os ouvintes reflitam ou ajam de acordo com a mensagem transmitida.

Não se esqueça deste detalhe: a qualidade da mensagem transmitida na conclusão é muito importante para o resultado do encerramento, mas o tom de voz que avise que a exposição está chegando ao final, pode, em determinadas situações, ser ainda mais relevante, pois, pela maneira de concluir, os ouvintes receberão, além da informação, o sentimento da mensagem usado na finalização.
Algumas formas práticas e eficientes para que você possa fazer o encerramento de suas apresentações são:

Levantar uma reflexão.
De maneira geral, os ouvintes tenderão a refletir com base nos argumentos que você transmitiu ao longo da apresentação e com boas chances de que aceitem suas sugestões.

Fazer uma citação.
Além de admirarem seu conhecimento, a citação de uma frase de alguém respeitado pelos ouvintes dará ainda mais peso à sua autoridade sobre o assunto tratado.

Apelar para a ação.
Especialmente nas circunstâncias em que haja necessidade de atitudes rápidas e imediatas dos ouvintes, esse é um dos recursos mais eficientes para o encerramento.

Provocar arrebatamento.
Esse tipo de conclusão produz excelentes resultados quando os ouvintes estiverem emocionalmente envolvidos com o conteúdo da mensagem.

Aludir à ocasião.
É um tipo de conclusão apropriado nas situações em que o ambiente da apresentação e o contexto da mensagem estejam intimamente relacionados com a presença dos ouvintes.

Elogiar honestamente os ouvintes.
O elogio sincero ajuda a desarmar as últimas resistências da platéia e a fazer com que as pessoas torçam pelo resultado positivo da apresentação.

Contar um fato histórico.
Um fato histórico que guarde interdependência com o conteúdo da fala, além de auxiliar os ouvintes a associarem com facilidade a narrativa com a mensagem, fará com que se lembrem das informações por muito mais tempo.

Aproveitar um fato bem-humorado.
É uma maneira leve e descontraída de fazer o encerramento, e quanto mais ligada ao conteúdo da fala estiver mais eficiente será para o trabalho de convencimento ou de persuasão dos ouvintes.

Utilizar uma circunstância.
A circunstância de pessoa, de lugar, ou de tempo são recursos excepcionais para demonstrar maior identidade do palestrante com os ouvintes e desarmá-los de possíveis resistências remanescentes.

Além desses recursos, você poderá utilizar outros que julgar conveniente, desde que estejam relacionados com o assunto da sua apresentação e levem os ouvintes a refletir ou agir de acordo com a mensagem transmitida. Habitue-se a analisar como os palestrantes mais competentes encerram suas apresentações e adapte esses recursos ao seu próprio estilo. Em pouco tempo já terá um conjunto excepcional de formas eficientes para encerrar suas próprias apresentações. Exigirá um pouco de trabalho, estudo, persistência, mas valerá a pena, pois os resultados com certeza serão muito compensadores.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA