< Página Anterior

19 dez 2018

Como fazer uma homenagem

Por Reinaldo Polito

Contou-me um aluno essa história que jurou ser verdadeira: o diretor da empresa onde trabalhava estava já há algum tempo muito doente e precisou se aposentar. Aproveitou o dia em que foi assinar os papéis do seu desligamento para se despedir dos colegas. Nesse momento apareceu o falador da turma que, com bastante entusiasmo, conclamou a todos em voz bem alta:

Pessoal, pessoal, todos já sabem que o nosso querido diretor está se desligando da empresa, o que é motivo de tristeza para todos nós, por isso, quero aproveitar essa oportunidade e pedir a todos que de mãos dadas dediquemos a ele… um minuto de silêncio bem, só faltou colocar uma vela na mão da vítima.

Se você tiver de usar a palavra para fazer uma homenagem, cuidado com as armadilhas e use a circunstância para projetar sua imagem de maneira positiva. Siga essas etapas que com certeza se sairá muito bem:

Conquiste os ouvintes – ao fazer uma homenagem, provavelmente você estará representando um grupo de pessoas ou a organização a que pertence. Por isso, inicie falando como se sente feliz, honrado ou privilegiado em ser escolhido para prestar a homenagem em nome de todos. É como se você dissesse: “vocês são tão importantes para mim, que estou feliz em poder representá-los”. Ah, já que está iniciando e dizendo que está feliz, lembre-se de fazer carinha de contente. Fica ridículo dizer que está feliz e se apresentar com aquele semblantão de sexta feira santa.

Descreva o cenário histórico – verifique qual é o local onde o homenageado desenvolve suas atividades e faça desse cenário um pano de fundo para preparar de maneira apropriada o histórico da homenagem. Por exemplo, se o homenageado for o presidente da empresa, fale um pouco sobre a história da organização, como e quando foi fundada; comente sobre as dificuldades que ela teve de enfrentar, relate as fases de prosperidade, até chegar ao instante atual, que obviamente deverá ser de grande realização. Em seguida ponha o homenageado dentro desse cenário, dizendo que essa conquista se deveu à sua visão, capacidade de planejar e de se adaptar às mudanças do mercado. Você poderá usar esse mesmo método em qualquer outra circunstância – se o homenageado for o diretor do clube, fale sobre a história do clube; se for um professor, fale sobre a importância do ensino, ou sobre a escola onde ele leciona; se for um médico, fale da importância da medicina, ou do hospital onde ele exerce suas atividades. Atenção: se homenagear um superior hierárquico, cuidado para não ser tomado por um puxa-saco ao fazer os elogios. Por isso, ao elogiar dê sustentação às suas palavras – se disser, por exemplo, que ele é um homem de visão, explique essa afirmação e forneça exemplos que confirmem suas palavras.

Fale das qualidades do homenageado – depois de descrever o cenário histórico, chegou o momento da homenagem propriamente dita. Algumas qualidades são mais ou menos comuns e podem ser utilizadas em praticamente todas as homenagens:

Vida familiar – essa é uma qualidade que produz excelente resultado para a homenagem, mas exige também certeza e confiabilidade das informações. Caso contrário não poderia falar da sua condição de pai dedicado, ou de esposa afetuosa. Se tiver dúvida sobre a conduta familiar do homenageado, deixe esse comentário fora do seu discurso, pois sua credibilidade poderia ser comprometida se, por exemplo, dissesse que ele é um marido leal e todos na empresa soubessem que na verdade sua conduta não era lá tão exemplar.

Vida social – fale de como o homenageado é querido por seus amigos e se mostra solidário quando alguém precisa de conselhos, de um ombro para desabafar, ou de um parceiro para comemorar uma vitória.

Vida profissional – destaque as dificuldades que precisou superar para atingir a posição em que se encontra. Se teve uma vida humilde, pobre, afastada dos grandes centros, comente como se dedicou para ultrapassar essas adversidades.

Outras qualidades – elogie qualquer outra qualidade do homenageado, como atleta, artista, campeão de biriba, ou de cuspe à distância. Enfim, atividades que de alguma forma o destaquem.

Faça a homenagem – se, para criar maior expectativa, ainda não tiver revelado o nome do homenageado, preferindo falar apenas das suas qualidades, diga agora quem está homenageando (ou vai acabar guardando segredo demais e se esquecendo de dizer quem é o homenageado) e qual o motivo da homenagem.

Encerre com uma frase motivadora – encerre a homenagem desejando tudo de bom para o homenageado. Dizendo, por exemplo, que ele seja sempre muito feliz, que tenha muita saúde, e que continue conquistando cada vez mais vitórias.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA