< Página Anterior

09 dez 2018

Cuidado com as Festas de final de ano

Reinaldo Polito

As festas de final de ano são boas, mas ao mesmo tempo muito perigosas. Alguns funcionários sentem-se liberados e se esquecem de que mesmo na festa seu comportamento está sendo avaliado.

O maior problema está no excesso de bebida e na abertura para intimidades. Todo mundo bebe, todo mundo se diverte e todos os exageros são observados.

Tome muito cuidado para não cometer deslizes que poderiam comprometer sua reputação e até prejudicar sua carreira profissional. Em festa de final de ano, por mais que as pessoas estejam à vontade, não ultrapasse o sinal amarelo contando piadinhas o tempo todo e bancando o palhaço. Mesmo que o ambiente estimule esse comportamento mais solto, fique atento, pois vulgaridade é vulgaridade em qualquer circunstância.

Talvez tão grave quanto o excesso de extroversão seja o extremo oposto. Você precisa se lembrar de que está em uma festa de confraternização, por isso seu comportamento será inadequado se ficar quieto num canto, enquanto todo mundo se diverte.

Por ser uma festa, o ideal é se comportar com alegria, conversar, contar histórias curtas e falar tudo o que desejar, desde que não se arrependa depois.

Uma dica: leve uma ou duas piadas “contáveis” e use-as no momento apropriado. Nada de contar piadas que façam referência a preferência sexual, raça ou religião. São de muito mau gosto.

Fofoca é uma praga e deve ser evitada em qualquer ambiente. O problema das festas de confraternização é que as pessoas se despoliciam, e na tentativa de se aproximar umas das outras acabam falando o que não devem. Só que essa conversa não se encerra aí. No dia seguinte podem tomar proporções que saem do controle.

Mesmo que você não faça fofoca tome cuidado também como ouvinte. Só o fato de você estar na roda poderá ser tomado como fofoqueiro. O melhor é tentar desviar o assunto. Se não der certo, peça licença para ir ao banheiro ou pegar uma bebida e se retire. No caminho você poderá se juntar a outro grupo e se livrar dos fofoqueiros.

A pergunta que você deve ser fazer é essa: se eu me comportar desta maneira, vou me arrepender amanhã no ambiente de trabalho? Se a resposta for sim, ou se você ficar em dúvida, não se arrisque. Prefira tomar outra atitude.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA