< Página Anterior

21 maio 2019

O brasileiro fala Inglês

Minha geração é privilegiada. Nós participamos da maior transformação de toda a história da humanidade. Até a década de 1950 havia mudanças, lógico, mas tudo bem devagar, sem correria, sem grandes novidades.

Nas últimas décadas, entretanto, o mundo virou de cabeça para baixo, várias vezes. Especialmente no Brasil.  Entramos de vez no mundo globalizado.

Até o final dos anos 1960 e início de 1970 uma pessoa preenchia a ficha de inscrição para se candidatar a um emprego e apenas algumas organizações perguntavam se havia conhecimento de uma outra língua. E perguntavam por perguntar, porque não importava se o candidato dominasse ou não uma língua diferente do português. A não ser que a função exigisse mesmo esse requisito.

Quem viajasse para o exterior ficava encantado e com uma ponta de inveja ao constatar que na maioria dos paises quase toda a população falava mais de uma língua. Nem havia necessidade de perguntar se a pessoa sabia ou não Inglês, bastava iniciar a conversa que o interlocutor continuava a falar naturalmente.

De lá para cá tudo mudou. Muita gente fala Inglês aqui no Brasil. Todo jovem que freqüenta uma boa faculdade, bem ou mal, consegue se comunicar em Inglês.

Hoje, se você estiver procurando emprego e não tiver domínio do Inglês, nem passa na porta da empresa. Se não souber pelo menos duas línguas, vai concorrer em desigualdade de condições com centenas ou milhares de candidatos que possuem esse preparo.

Com certeza eu não estou contando nenhuma novidade. O fato surpreendente, todavia, ocorreu com o meu livro “Superdicas para falar bem”. Depois de ter sido destacado como um do dez livros mais vendidos no Brasil em 2006 (Revista Veja), a Saraiva  resolveu editá-lo também em Inglês. O lançamento foi cercado de muita desconfiança, pois ninguém poderia prever como a obra seria recebida pelos leitores.

Surpresa! Ninguém conseguiria supor este resultado. Pouco mais de dez dias após ter chegado às livrarias já é o terceiro mais vendido em oratória na Rede Saraiva. “Super clues for speaking well in talks and presentations” caiu no gosto dos leitores porque além de ensinar a falar bem em conversas e apresentações, ajuda a desenvolver e a aprimorar o domínio da língua inglesa. Principalmente executivos de grandes organizações que precisam fazer apresentações em Inglês encontraram no livro uma boa chance de buscar o aprimoramento.

E mais, com a boa acolhida do livro, uma editora italiana também irá publicá-lo em Inglês já no próximo mês. Realmente está tudo muito mudado. E pelo jeito só estamos presenciando o começo.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA