< Página Anterior

03 jul 2018

O Político na hora de falar sentado

Ao participar de debates, ou nas apresentações para a televisão, normalmente o político falará sentado.
Embora seja uma posição mais confortável e que dá mais segurança pelo fato de oferecer uma base de sustentação para o corpo, nem por isso será mais fácil ou permitirá um comportamento negligente.
Se não tomar alguns cuidados para falar nesta posição a apresentação poderá ser prejudicada e até mesmo deficiente.
Veja quais são os cuidados mais importantes para falar sentado de maneira correta:

Deixe o tronco e a cabeça em equilíbrio
É muito comum observarmos candidatos pendendo a cabeça para um lado e para o outro, principalmente durante as pausas.
Essa atitude passa a idéia de negligência e indolência, desvalorizando o conteúdo da apresentação, por melhor que ele seja.
Procure deixar a cabeça bem equilibrada, sem rigidez, para não parecer artificial.
Evite inclinar muito o tronco para a frente ou para os lados. De vez em quando essa atitude até ajuda a quebrar a rigidez da postura, mas o excesso prejudica a elegância do posicionamento.

Mantenha os pés bem posicionados
Cuidado para não cruzar os pés em “x” em baixo da cadeira. Essa postura demonstra que a pessoa não está muito à vontade e que se sente desconfortável naquele local.
Você poderá posicionar os dois pés não chão ou até cruzar as pernas, o que de maneira geral proporciona uma postura mais elegante.
Só cruze as pernas em forma de quatro (o tornozelo de uma das pernas sobre a região superior do joelho da outra) se a circunstância for muito descontraída e informal. Se usar essa postura tome sempre o cuidado para não deixar a sola do sapato voltada para a direção do rosto das pessoas. Algumas delas, dependendo da origem cultural, poderão se sentir ofendidas.

Modere a gesticulação
Quando falar sentado, seja moderado nos gestos. De maneira geral execute-os da altura da linha da cintura até a parte superior do peito. Evite os gestos laterais e não volte com eles muito depressa à posição de apoio – aguarde com o movimento até a conclusão da informação.
Se a cadeira tiver braços, depois de concluir o gesto, deixe os braços se apoiarem normalmente sobre os braços da cadeira. Se for uma cadeira sem braços, depois de gesticular poderá deixá-los naturalmente sobre as pernas.

Comporte-se com naturalidade
Mesmo aqueles que costumam se sair bem nas apresentações em pé, quando falam sentados, às vezes apresentam um certo artificialismo. Fique atento para que esse fato não ocorra com a sua comunicação.
Ao falar sentado tente se comportar como se estivesse diante de um grupo de amigos conversando bem à vontade – assim se apresentará de maneira mais espontânea.
Ao olhar para os lados não olhe apenas com os olhos, vire a cabeça na mesma direção para projetar uma imagem mais natural.
Se desejar saber mais sobre esse tema leia o livro que publiquei pela Editora Saraiva “Gestos e Postura Para Falar Melhor”.

Atenção – Só fale sentado em circunstâncias muito especiais – lembre-se sempre que falando em pé você terá mais poder e envolvimento com os ouvintes.

Reinaldo Polito
nº 11

Esses e outros conceitos são desenvolvidos no curso de expressão verbal ministrado pelo Professor Reinaldo Polito.
Escolha o mais apropriado para você – Cursos
“Terminantemente proibida a reprodução sem autorização expressa do autor”

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA