< Página Anterior

09 dez 2018

Onde andará Iolanda?

De vez em quando me surpreendo com alguns comentários de ex-alunos: Polito, fui seu aluno há mais de 20 anos e nunca me esqueci do dia em que você disse em sala de aula algo que foi importante para a minha vida toda. Às vezes nem eu me lembro mais de ter dito aquela “pérola”.

Pois é, as pessoas nem sempre se dão conta de como suas atitudes podem influenciar e marcar a vida daqueles que as cercam. Provavelmente, nunca deve ter passado pela cabeça da minha “Nona Spinelli” a alegria que ela me proporcionava ao levar algumas balas nas visitas que fazia à nossa casa, quando eu tinha menos de cinco anos. Com certeza o Arsênio, que faleceu tão jovem num acidente de caminhão, também não se deu conta de como “aprumou” minha auto-estima ao comentar na porta do bar do Ricieri Tellaroli, no Jardim Primavera, na frente de um grupo de adultos, que eu era um menino inteligente. E olha que eu não tinha oito anos, mas jamais me esqueci daquele comentário.

A professora Iolanda, que dava aulas de Português no IEEBA na década de 1960, época em que a sigla tinha um E a menos, também não deve imaginar como suas atitudes foram decisivas para que eu aprendesse a gostar de escrever. Ela pegava as poesias que eu escrevia e levava às outras classes para mostrar que um dos colegas da mesma série tinha jeito para escrever. Ah, na aula seguinte eu, que ainda não tinha treze anos, chegava pelo menos meia hora antes e ficava esperando com ansiedade o momento de entregar a ela uma nova poesia.

Essas recordações que foram tão importantes para minha formação e para o meu futuro me enchem de alegria, mas ao mesmo tempo me entristecem. O Arsênio e a minha nona se foram. A professora Iolanda desapareceu da minha vida, pois nunca mais ouvi falar dela. Como eu gostaria que ela soubesse de como foi determinante para que eu me tornasse um escritor. Assim como eu fico feliz com os comentários dos que passaram pelas minhas aulas, acho que ela também gostaria de ter notícias dos seus alunos. Mas, onde andará Iolanda? Quem sabe com este texto ela se lembre de mim e me avise onde está para que eu possa visitá-la  e levar alguns de meus livros de presente. Onde andará você professora Iolanda?   

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA