< Página Anterior

04 mar 2018

Participe bem das reuniões

Reinaldo Polito*

Talvez você não se dê conta, mas a avaliação do seu desempenho profissional é feita principalmente nas reuniões. É nessa circunstância que você apresenta seus projetos e mostra como está preparado para debater assuntos relacionados à sua área e a outros setores importantes para o bom desempenho da empresa.

Não importa o seu papel na reunião, seja como líder, seja como integrante do grupo, se você vacilar e não tiver boa participação correrá o risco de acrescentar  marcas negativas à sua imagem profissional.

A maneira como você participa das reuniões pode indicar sua competência e o resultado da sua atuação. Por isso, ligue as antenas e aprenda como se comportar nessas circunstâncias para valorizar ainda mais a qualidade do seu trabalho.

Uma pauta bem elaborada –  Sugerir a elaboração de pauta para garantir o bom resultado de uma reunião parece meio sem sentido. Onde já se viu chamar a atenção para um aspecto tão simples da vida corporativa!

Entretanto, muitas reuniões fracassam por falta de pautas bem organizadas. Não dá para aceitar que profissionais importantes adiem a realização de suas tarefas para participar de uma reunião sem ao menos saber dos assuntos que serão tratados.

Ao elaborar a pauta da reunião, estabeleça o tempo que irá consumir com cada tópico e programe o horário de encerramento. Se durante a reunião você perceber que um item vai ultrapassar a duração prevista, terá condições de reorganizar a sequência pré-estabelecida, reduzindo ou até suprimindo alguns pontos que não poderão ser discutidos.

Você até se surpreenderá durante o planejamento da pauta que muitas reuniões seriam pura perda de tempo, já que os assuntos poderiam ser facilmente resolvidos com telefonemas, conversas de corredores ou trocas de e-mails.

Se você não for o líder e atuar como um dos integrantes do grupo, fique atento à pauta para saber que providências deverá tomar para ter uma ótima participação, contribuindo com informações ou com perguntas adequadas.

Os passos da reunião – Se você for o líder, ao organizar as etapas da reunião tenha em mente que deverá contribuir para o bom desempenho dos participantes, ajudá-los a trocar informações e permitir que tomem as decisões mais acertadas.

Como participante você saberá pela sequência da pauta o momento apropriado para debater os problemas e o instante certo para sugerir soluções.

Embora não exista um único modelo a ser seguido, já que você deverá se adaptar às circunstâncias de cada evento, esta sequência simples, com apenas quatro etapas, poderá ajudá-lo a organizar suas reuniões com sucesso:

  1. A) Comece esclarecendo quais são os assuntos
    Ao iniciar a reunião, exponha de forma rápida e clara quais as questões que serão debatidas, quais os objetivos a serem atingidos e quais os dados já esclarecidos.

 

Este é o momento para posicionar o grupo a respeito dos motivos e da finalidade da reunião, contribuindo para que todos tenham uma participação produtiva e os ajudem na conquista dos resultados almejados.

Se você for um dos participantes, preste bem atenção a esses esclarecimentos iniciais para se certificar de que havia compreendido bem seu papel na reunião.

 

  1. B) Debata os temas
    Depois dessa rápida orientação inicial, abra para a discussão do primeiro tema da pauta permitindo que os participantes debatam, aprofundem o problema, levantem e sugiram soluções.

Como participante você deverá estar preparado para contribuir com informações relevantes e fazer questionamentos que ajudem a elucidar os pontos levantados.

  1. C) Tome as decisões
    As sugestões que resistiram ao debate deverão compor o conjunto das decisões a serem tomadas. Cuidado para não voltar desnecessariamente ao debate de pontos que já foram esclarecidos e encerrados.

Como participante você deverá colaborar para tornar clara a posição da sua área e mostrar as conseqüências das decisões que serão tomadas. Observe se os seus comentários não estão saindo, sem motivos, da sua esfera de atuação.

  1. D) Recapitule
    Chegou o momento de encerrar. Esta última etapa da reunião é uma das mais importantes, pois é a derradeira chance de eliminar possíveis dúvidas ou equívocos. Se descobrir que algum ponto não ficou totalmente elucidado, será possível trazê-lo novamente para o debate.

Saiba como se comportar como líder de uma reunião – Sua atuação como líder será fundamental para o bom resultado de uma reunião. Veja como você deve se comportar para ter um bom desempenho:

  • Motive a participação de todos os profissionais
  • Acompanhe com atenção as ações dos participantes
  • Forneça subsídios para que o debate seja produtivo
  • Mantenha a discussão dentro dos limites das questões levantadas e dos objetivos pretendidos
  • Mantenha um ambiente descontraído
  • Deixe que o grupo se relacione de maneira informal, sem permitir que caiam na vulgaridade
  • Suplante as situações delicadas e, de preferência, evite que elas ocorram
  • Use a presença de espírito nos momentos apropriados
  • Faça perguntas que motivem o grupo a pensar
  • Seja pontual para começar e concluir a reunião
  • Evite dar opiniões pessoais para não inibir a participação dos outros
  • Mantenha a tranquilidade, a calma, a cordialidade e a tolerância
  • Reconheça a importância de cada participante

Saiba se comportar como participante de uma reunião Lembre-se de que sua atuação nas reuniões será importante para o seu futuro profissional. Por isso, tenha uma conduta que ajude a construir uma imagem positiva:

  • Quando for questionado, responda de maneira firme, convicta e segura
  • Fale com voz pausada e audível
  • Quando seus conhecimentos e experiência puderem ajudar, peça a palavra sem hesitar
  • Não responda a perguntas dirigidas a outros participantes, salvo quando não forem respondidas, e tenha certeza de estar colaborando com sua intervenção
  • Restrinja-se a conversar sobre o tema abordado e evite diálogos paralelos
  • Ao falar, olhe para todos os participantes, quando ouvir olhe para quem fala
  • Não crie antipatias ridicularizando os colegas ou usando ironias desnecessárias
  • Se precisar refutar, cuidado para não magoar os grupos participantes. Use “diplomacia”, entendendo o ponto de vista contrário
  • Não fale sozinho, dê oportunidade aos outros.

 

Finalmente, não seja ingênuo de pensar que para participar bem de uma reunião precisará falar o tempo todo. Há momentos em que mesmo sem falar é possível ter uma atitude participativa. Se você demonstrar interesse pelos assuntos debatidos, fizer anotações e levantar questões apropriadas, poderá ser visto como alguém envolvido com os propósitos da empresa.

Superdicas da semana:

– Elabore sempre uma pauta para as reuniões que liderar;

– Informe com antecedência quais os temas da reunião;

– Fale o suficiente para permitir o debate e motivar a participação;

– Estude bem os temas da reunião para ter boa participação;

– Evite falar de assuntos alheios à sua área;

– Mostre uma atitude participativa e descontraída.

Livro de minha autoria que trata desse tema:  “Como falar corretamente e sem inibições”, publicado pela Editora Saraiva.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA