< Página Anterior

04 abr 2018

Seja breve nos e-mails

Quando idealizei o livro “Superdicas para falar bem” me impus uma condição: escrever 60 dicas práticas, no máximo entre 1650 a 1800 toques com espaço cada uma. Em determinados momentos parecia impossível, pois dava a impressão de que precisaria ir um pouco além dessa medida.  Resisti, pois estava determinado a concluir a tarefa conforme havia planejado.

A Editora Saraiva gostou muito do projeto e pediu que coordenasse a série superdicas. Minha incumbência tem sido a de convencer os melhores autores do país para que escrevam um superdicas sobre o tema da sua especialidade.

O fato curioso é que quase todos os autores me procuraram em determinado momento para pedir mais flexibilidade no tamanho do texto. No final, todos, sem exceção, concordaram que era possível fazer o trabalho com qualidade mantendo o limite determinado.

Essa experiência não é muito diferente do que ocorre com os textos que escrevemos no dia-a-dia. Especialmente os textos que enviamos por e-mail.  A cada dia as caixas de e-mails estão mais sobrecarregadas. Com freqüência cada vez maior ouço reclamações de amigos que dizem perder um tempo precioso lendo os e-mails que recebem.

Além dos desagradáveis spams, que nos perturbam com propagandas de todos os tipos, desde eventos na Índia até aparelhos milagrosos para aumentar o tamanho do pênis, ainda temos de ler mensagens quilométricas que poderiam ser resumidas a pouquíssimas linhas.

Por isso, se deseja que suas mensagens sejam bem recebidas evite a tentação de escrever romances nos e-mails. Se julgar que a mensagem longa é necessária, mande-a como anexo e redija o e-mail em poucas linhas comentando o conteúdo do texto. Assim, seu contato poderá julgar se terá ou não interesse em ler a informação toda.

Além da extensão desnecessária há outro grave problema com os e-mails – as piadinhas. Cuidado com as piadinhas, pois ao encaminhar esses textos humorísticos, mesmo que tenha custado apenas o toque em uma tecla de enviar, para quem recebe poderá parecer que você é um desocupado e que não tem nada importante para fazer.

Por mais engraçada que possa ser a piada pense duas vezes antes de encaminhá-la. Esse cuidado deve ser redobrado se a piada for acompanhada de imagens pesadas. Ainda há muitas conexões lentas, que exigem um tempão para a imagem entrar.

O destinatário do e-mail quase espuma de raiva enquanto aguarda para descobrir quem foi o engraçadinho que o fez esperar por aquele interminável 5 de 48 que parece nunca sair do lugar.

Esteja atento também para não cometer o erro oposto e transformar o remédio em veneno. Essa história de entrar na comunicação on-line dizendo oi e tchau pode dar a impressão de que você não tem interesse em manter contato com a pessoa com a qual está conectado.

Nesses casos procure analisar pelas respostas que for recebendo até que ponto a outra pessoa poderia estar disponível. Se perceber que sua presença não é tão oportuna, aí sim não hesite em se despedir.

Só para não esquecer, revise tudo mais de uma vez quando for mandar uma mensagem por e-mail. Erros gramaticais e palavras digitadas com falhas passam idéia de negligência e até de despreparo.

Se alguém redigir o texto para você, dedique um tempinho para dar uma boa olhada no que foi feito. Afinal, é sua assinatura e, portanto, sua imagem que estará em jogo. Todo cuidado é pouco.

Superdicas da semana

– Aprenda a escrever mensagens completas com brevidade

– Pegue os últimos textos que escreveu e reescreva-os usando metade do tamanho

– Em seguida, sem prejudicar o conteúdo, reduza pela metade o que já havia reduzido

– Adquira o hábito de escrever e-mails bem curtinhos

 

Para ver outras dicas entre no meu site (https://reinaldopolito.com.br/portugues/dicas.php?id_nivel=15 )

 

Livros de minha autoria que tratam desse tema: “Como falar corretamente e sem inibições”, “Oratória para advogados e estudantes de direito” e “Superdicas par falar bem” (também em audiolivro), publicados pela Editora Saraiva.

 

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA