< Página Anterior

26 mar 2019

Araraquara de olho no Jabuti

Por Reinaldo Polito

Eu não poderia comemorar de maneira mais feliz o meu 100º texto na Tribuna. Sim, porque esta é a 100ª vez que dou o ar da graça neste jornal que já faz parte da minha vida como escritor. O motivo da minha alegria é uma conquista de Araraquara. Veja se você também não vai ficar orgulhoso.

O prêmio Jabuti, concedido pela Câmara Brasileira do Livro,  é considerado a mais importante consagração da literatura brasileira. Ganhar um Jabuti é receber o atestado de qualidade e de competência na publicação de um livro. Só para a 47ª edição, que está julgando os vencedores das 17 categorias em 2005, foram inscritas 2310 obras.

No dia 4 de agosto foram escolhidos os 10 finalistas de cada categoria. Araraquara está presente entre os finalistas. A araraquarense Professora e Mestre em comunicação e Mercado, Marlene Theodoro, autora do livro “A Era do Eu S.A. – Em busca da Imagem Profissional de Sucesso”, publicado pela Editora Saraiva, está entre os dez finalistas na categoria  ciências exatas, tecnologia,informática, economia, administração, negócios e direito.

O livro foi selecionado por um júri composto por especialistas em literatura, produção gráfica, ilustração, jornalistas e pesquisadores. Embora os ganhadores venham a ser conhecidos na eleição final a ser realizada no dia 31 de agosto, qualquer que seja o resultado, Marlene Theodoro poderá se considerar uma vencedora, pois o fato de ser uma das dez finalistas mostra o brilho e a elevada qualidade de seu trabalho. O livro foi baseado em sua dissertação de mestrado e teve como prefaciador o Professor Doutor Ivan Santo Barbosa, Chefe do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo da ECA – USP, que elogiou a obra da autora com as seguintes palavras:

“O texto de Marlene Theodoro é uma narrativa de sucesso (a dissertação que lhe deu origem é uma da melhores que li). Tem caráter – no sentido forte do termo -, e suas palavras vêm cristalinas, translúcidas em camadas sutis e exatas, lâminas breves que verticalizam complexidades ao atingir âmagos obscuros desvendado-lhes as tramas e as ardiduras, trazem à plena luz do texto as formas precisas, os conteúdos necessários, no momento urgente.

É uma honra para mim introduzir o texto elegante, fino e belo assim como o belo e iluminado ser que o teceu “.

Na 4ª capa do livro, Max Gehringer, um dos mais importantes conferencistas da história do Brasil contemporâneo, descreve assim a obra de Marlene Theodoro: “Neste livro, Marlene Theodoro nos leva a refletir sobre esse conflito em que a tão buscada individualidade está contida num universo empresarial que sistematiza e, não raramente, reprime. E nos mostra como o”Eu“moderno está tentando encontrar o equilíbrio pessoal, profissional e emocional que finalmente lhe permitirá não apenas possuir, mas, principalmente, desfrutar”.

A escolha do livro de Marlene Theodoro é uma conquista para todos nós araraquarenses, pois reitera a nossa tradição intelectual sempre tão admirada e respeitada no mundo das artes, das letras e das ciências.

A própria autora, na conclusão de seu livro, ao definir a condição do homem no mundo pós-moderno, usando as palavras do cientista político Walter T. Anderson, talvez não tenha tido a consciência de que falava de si mesma: “Cada um de nós é mais do que um eu, e também mais do que uma progressão pós-moderna de múltiplos eus; cada um de nós é também um aparato maravilhosamente complexo, altamente evoluído e um tanto confuso, por intermédio do qual o universo se torna consciente de si mesmo, se admira e tenta imaginar o que ele é”.

Vamos cruzar os dedos e torcer por mais essa vitória de Araraquara. Na verdade, é só comemorar, pois, como eu já disse, ao ser finalista do jabuti Marlene Theodoro  já é uma vencedora.

Integer ultrices pulvinar sem et lacinia. Mauris sed magna nibh. Suspendisse vestibulum dui libero, sit amet feugiat velit iaculis vel. Aliquam fermentum id ipsum congue facilisis. Aliquam ac nisl diam. Praesent ac euismod diam. Duis nec lorem efficitur, malesuada orci at, dictum libero. Mauris congue suscipit dolor, id auctor ligula lobortis a.

Deixe uma resposta

AULA DE APRESENTAÇÃO GRATUITA